10 regras não faladas do sexo gay, mas que você deve saber

Regras Sexo Gay

Sexo também é feito de boas maneiras.

Não existe manual, nem fórmula para a transa perfeita, mas um toque de bom senso ajuda a tomar as atitudes certas entre quatro paredes.

Confira a lista das 10 regras do sexo anal que todo gay deveria saber:

#1. O passivo dita o ritmo no início

Isso deveria ser lei. Quem está levando por trás é quem deve controlar a situação no início, simples assim.

Dessa forma, pode encontrar o caminho mais confortável, garantindo uma boa experiência para os dois.

Aprenda uma coisa, ativo: o cu dos outros não é fast food!

A paciência é uma virtude, inclusive na cama. Acelerar de zero a 100 em poucos segundos nunca é uma boa ideia. Dê ao parceiro tempo para se ajustar a você.

Leia também:
[Os 10 mandamentos para satisfazer um passivo]

#2. Não abra os caminhos da felicidade sem antes saber a situação da estrada

 A vida real está longe de ser como nos filmes pornôs. Você não vai passar o dia inteiro na rotina estressante, comendo e suando que nem um porco, para depois, casualmente, encontrar um boy gostoso que te fará chorar na vara – tudo de maneira limpa e perfumada.

Deixe essa ilusão para o Alexandre Frota e volte para a realidade da amiga chuca.

Antes de virar de bunda, primeiro revise a sua higiene anal. Você não quer correr o risco de atolar o boy na lama, não é mesmo?

#3. Passivo, você deve saber o que comer no dia

Se seu date está programado com antecedência, procure comer muitos alimentos que são fontes de fibra, como verduras, frutas, aveia, amendoim e linhaça.

A fibra ajudará na boa formação das suas fezes, o que permitirá que seu intestino funcione direitinho. Intestino eficiente = cu limpo.

Além do mais, quando você se força muito para fazer o número 2, acaba irritando os tecidos anais. Sabe a consequência disso? Mais desconforto e tensão muscular durante a relação sexual.

Leia também:
[A dieta do passivo: o que comer para garantir um sexo anal sem surpresas]

#4. Não coloque o pênis na boca dele depois que já esteve em outro lugar

Faz parte das boas normas do sexo gay e você deve ter sempre em mente: não fazer sexo oral depois do anal.

Se você e o boy não usam camisinha (porque são namorados e já, responsavelmente, fizeram os testes), existe uma alta possibilidade de contaminação bacteriana.

Mesmo com camisinha, é recomendado trocar o preservativo após cada prática.

#5. Sempre tenha a sua própria camisinha

Falando nisso, nunca espere que o boy com que você vai transar traga na carteira uma camisinha extra para você.

Esteja sempre preparado e, se possível, duplamente. Leve uma camisinha para ele também, assim não há desculpas para um sexo sem proteção.

#6. Preliminares são indispensáveis, e não complementares

Não esqueça de que você está na cama com um ser humano, e não com um pedaço de pau – por mais que essa seja a única coisa que você consiga ver, sua tarada.

Sexo sem um jogo de línguas não é sexo. Explore o corpo dele usando esse órgão tão molhado e tão gostoso. Pode chupar, pode lamber, pode passar a língua, isso sempre deixa alguém feliz.

E saiba que preliminares vão muito além de chupar aqui ou ali. Tirar a roupa, sussurrar algo no ouvido, o toque e até a forma de olhar, tudo isso também faz parte do pacote.

#7. Doer demais na terceira vez não é normal

Na primeira vez pode até ser compreensível, na segunda já é questionável, mas na terceira, definitivamente, não á aceitável!

Se o sexo anal, mesmo depois de três tentativas, segue doendo muito, é melhor buscar ajuda antes de deixar que o boy continue cavalgando em cima de você.

Lembre-se de que o relaxamento é essencial para uma prática saudável do sexo anal. Encontrar também a posição correta pode ajudar a dar e receber prazer sem dor.

#8. Nunca peça desculpas depois do sexo

Simplesmente não há motivos para isso, gata.

Peça desculpas por chegar tarde no trabalho, por esquecer o aniversário de um amigo, mas NUNCA depois de transar.

Isso, basicamente, confirma que foi ruim para você. De duas opções, uma: ou boy vai pensar que fez algo errado, ou, pior, pensará que você é extremamente inseguro e não voltará a te procurar.

Acho que nenhuma das alternativas é boa, não é verdade?

#9. Nunca minta que você já fez sexo anal se ainda é virgem

Se você falar para o boy que já transou como passivo e adora, ele te tratará como uma dadeira nata. Sabe o que isso significa? Que entrará com tudo no seu edi lacrado.

Não sabe como falar? Tem vergonha ou medo da reação dele?

Então, dê uma olhada neste artigo aqui:
[Sexo Gay: Como contar para ele que você ainda é virgem]

Aproveite para conferir este também:
[Primeira vez como passivo: Aprenda como se preparar]

#10. Não dê risada da cara sexy/bizarra dele

Eu sei que é difícil, mas tente se controlar quando ele fizer aquela cara bizarra enquanto goza.

Deixe isso ser o seu pequeno segredinho, combinado?

Cansado de conhecer caras que querem só sexo e nada mais?

Então, que tal agora saber mais sobre como arrumar um namorado no menor tempo possível e evitar mais frustrações amorosas? 

Você pode se tornar irresistivelmente atraente para os outros homens, apenas desenvolvendo algumas características e tomando as atitudes certas.

Quer  aprender como?

Te apresento o Namorando em 30 Dias, primeiro programa do mercado brasileiro que ajuda você, homem gay, a conquistar e manter um companheiro de verdade em apenas um mês.

Clique aqui e conheça o Namorando em 30 Dias.

Estão bombando também...

  • Yago Romero

    Matéria boa. Proteção em TODOS os tipos de sexo. Mas por que a maioria das imagens são sempre de casais brancos?

    • Luis

      Isso não influencia em nada, alias, quase nem tem imagens nesse post. Sem começar com o preconceito cara..

  • Egeo Castro

    Alguns passivos ja riram da minha cara depois que gozei, eu fiquei tão desconfortavel.

    • Marcos A. Rodrigues

      Riram pq?

  • Mike David

    alguns ja riram da minha cara quando gozei… más é por que eu fico muito exitado e faço caras e bocas mesmo. deixei ele rir. quando ele terminou tranzei ele denovo. sem neuras kkkkkk

  • Mike David

    hoje é moda ser versátil. quando eu me descobri gostando de rapazes já tinha 24 anos, com o primeiro namorado eu tentei ser passivo confesso. mas me convenci que gosto mesmo de ser ativo. gosto muito mesmo. ja perdi a chance de ficar com caras muito bonitos por eu não ser versátil. e eu adoro afeminados.. sempre me atraíram mais.

  • Heleno Troia

    Amei… simplesmente