5 passos para abordar um gay

abordagem-gayVocê faz a linha retraído, olha os boys só de longe e deixa passar a oportunidade de um approach de sucesso? Quer muito conhecer os gostosos da balada, mas sua frio só de pensar em uma aproximação?

Deu de inventar desculpas para consolar a sua falta de habilidade na hora de puxar papo com homens que te interessam! Vou compartilhar com você 5 passos que, sem dúvida, serão muito úteis em suas futuras abordagens.

Então leia tudo com atenção, gata!

#1. Se é pra chegar, chegue chegando!

Tenha em mente que gestos dizem mais do que palavras. Mais eficiente que qualquer frase pronta é a sua postura confiante. Se você chegar com pose de bicha sofrida renegada, nem precisa tentar falar algo interessante. Já está, automaticamente, eliminada!

Faça assim oh:

Seja phynno e elegante
Nada de cabeça baixa, ombros caídos e andar desengonçado. Você não quer parecer um mendigo corcunda pedindo esmola na rua, não é mesmo? Por isso, vá de cabeça erguida, andar confiante e deixe parecer que sua autoestima está nas alturas.

Olhe para ele
Demonstre o seu interesse através do olhar antes de se aproximar. Se você aparecer de surpresa cutucando o boy pelas costas, a única coisa que vai conseguir é assustá-lo.

Sorria
Smile, baby! O sorriso é extremamente poderoso no momento da abordagem. Não precisa mostrar todos os dentes da boca para comprovar que anda passando o fio dental, apenas sorria misteriosamente quando ele perceber o seu olhar.

#2. Conte até três e aproxime-se dele

Agora que você já sabe como se portar, está na hora de se aproximar do boy. Não fique parado na ponta do bar com cara de tarado esperando que ele tome iniciativa porque isso pode não acontecer.

Falta coragem?

Relaxa! Eu conheço uma estratégia ótima para combater a ansiedade de aproximação…

Achou alguém interessante? Conte até três e fale com ele. Simples assim.

[Leia mais aqui]

#3. Não se apresente

“Oi, eu me chamo Fulano” é uma péssima frase para iniciar conversa com um boy. Você não precisa falar o seu nome, o que faz da vida, RG e CPF. Se ele tiver interesse, irá perguntar.

Perceba a diferença entre um cara comum que se apresenta e o homem de atitude que inicia a conversa de maneira interessante:

Cara comum: Oi, você é lindo…
Boy: Obrigado.
Cara comum: Qual é o seu nome?
Boy: Fulano.
Cara comum: Prazer, eu me chamo Fulano. Você faz o que da vida?
Boy: Desculpa, mas eu tenho que ir… Estou com pressa.

Cara de atitude: (ligeiramente desinteressado): Oi, você é carioca?
Boy: Não. Por quê?
Cara de atitude: Porque eu encontrei um cara muito parecido com você quando estive no Rio. E ele usava os mesmos sapatos que você. O Rio é lindo, né? Curte lá?
Boy: Coincidência… Na verdade eu não conheço o Rio, mas deve ser bem bonito mesmo.
Cara de atitude: Eu adoro, biriris biriris biriris.

É claro que isso é só um exemplo e que você não deve seguir o mesmo roteiro cada vez que chegar para falar com um boy. O importante é ser criativo e envolvê-lo na conversa, fazendo perguntas que facilitem a interação.

#4. Faça perguntas abertas

Bom… Você já se preparou para a chegada, já se aproximou do boy e já conseguiu fazer com que ele interaja com você. Well done!!! Mas saiba que a batalha está só no começo. Agora você precisa manter uma conversa interessante.

Para o papo fluir e não ficar aquele silêncio “corta clima”, faça perguntas abertas. Como assim perguntas abertas?

Veja a diferença:

Pergunta fechada: Você conhece o Rio de Janeiro?
Resposta: Sim.

Pergunta aberta: O que você acha do Rio de Janeiro?
Resposta: O Rio é um lugar briris biriris biriris.

Pergunta fechada: Você gosta de Pop?
Resposta: Sim. Gosto.

Pergunta aberta: De que tipo de música você gosta?
Resposta: Eu sou bem eclética, mas biriris biriris biriris.

#5. Não fale sobre algo que você não sabe muito a respeito

Nada de tentar fazer a culta e puxar comentários que você viu no jornal, mas não sabe aprofundar.

Mostre que você é um cara interessante, mas sem forçar a barra. Fale de assuntos comuns, mas com personalidade. Seja você.

Lembre-se de que o processo de sedução é baseado na comunicação. Se você conseguir desenvolver boas habilidades de conversação, estará cada vez mais perto do sucesso com os boys.

Mãos à obra!

Agora que você já conhece algumas dicas para iniciar um bom papo com um boy, não desperdice oportunidades e pratique muito. A prática leva à perfeição.

MUITO IMPORTANTE: Não condicione seus objetivos a outros objetivos.

Você quer se dar bem com os boys? Então não espere ficar mais forte ou mais rico. Se você não mudar o seu comportamento a partir de agora, dificilmente mudará no mês que vem ou no próximo ano.

A vida é uma só. E é agora. AJA!

Agora, me diga: você está cansado de conhecer caras que só querem sexo e nada mais?

Então, que tal saber mais sobre como arrumar um companheiro de verdade no menor tempo possível e evitar mais frustrações amorosas? 

Você pode se tornar irresistivelmente atraente para os homens, apenas desenvolvendo algumas características e tomando as atitudes certas.

Quer  aprender como?

Te apresento o Namorando em 30 Dias, primeiro programa do mercado brasileiro que ajuda você, homem gay, a conquistar e manter um companheiro de verdade em apenas um mês.

Clique aqui e conheça o Namorando em 30 Dias.

  • Hick

    O dificil é achar um roteiro perfeito que se encaixe com esse biriris biriris biriris kkkkkkkkkk