7 surpreendentes verdades sobre por que a sua vida não sai do mesmo lugar

depression-abuse-bigstock-kasia-bialasiewicz100311671-1024x683Que bom seria viver em um mundo à sua maneira. Aquele mundo exatamente como você sonhou. Já pensou?

Já pensou que maravilha ter o privilegio de não passar nenhum tipo de privação e de necessidade? Já pensou ter um trabalho bem remunerado que te realiza, uma família muito feliz, um carro na garagem e um boy magia do outro lado da cama?

Perfeito, não? Já pensou?

Claro que sim! Tenho certeza de que você já pensou em tudo isso.

O problema é que, a cada dia que acorda, a realidade à sua volta é bem diferente de quando a cabeça está deitada no travesseiro.

O tempo vai passando e a sensação é de que a sua vida não sai do lugar. Os sonhos vão ficando para o mês que vem. Para o ano que vem. Para quando der…

Acertei?

Então, deixa eu te falar uma coisinha: o mundo que você vive foi criado por você mesmo.

Não, ele não foi criado por Deus, nem pelos seus avós, nem pelos seus pais. Ele não é uma obra apocalíptica do destino. Ele não é culpa da sociedade, do preconceito, nem da desigualdade – ainda que seja fortemente impactado por tudo isso.

Entenda de uma vez por todas que o seu mundo exterior é apenas um reflexo do seu mundo interior. Sim, o seu mundo é nada mais nada menos do que a maneira que você decidiu viver.

E sabe o que isso significa? Que ele não é definitivo: você pode alterá-lo quando quiser.

Você está sofrendo? Está infeliz? Está se sentindo incompleto?

A minha pergunta é: por quê? Por que não fez nada para mudar? Por que aceitou viver assim?

E, antes que você pense em fechar a página e procurar um texto mais light sobre algum boy pirocudo em outro site gay, eu já aviso: isso foi apenas o primeiro tapa na cara deste artigo.

Eu não estou aqui para passar a mão na sua cabeça. Estou aqui para sacudi-la.

Quer ir embora? Então, vá. Mas vá logo. Vá consciente.

Quer mudar? Então, fique. Mas fique com atenção. Fique de coração aberto.

Conheça agora as 7 grandes verdades sobre por que a sua vida parece estar estagnada – e sobre por que você é o único responsável por isso:

VERDADE #1
Só você sabe quem é. Os outros apenas imaginam.

Esse alguém que tá aí agora sentado em um trabalho que odeia, ou camuflado em uma “linha hétero” para agradar os pais, ou/e reprimindo vontades é você mesmo?

Me diga: quem se esconde por trás dessa máscara moldada pela sociedade e pela expectativa de terceiros?

Quem se esconde por trás dessa imagem de quem você acredita que deveria ser para ser aceito? Para ser amado? Para ser admirado?

Ninguém – absolutamente ninguém – pode dizer o que é melhor para você além de você mesmo. Nem o seu melhor amigo. Nem a sua mãe. Nem o mais sábio dos magos.

Só você sabe quem é de verdade.

Até porque felicidade é um conceito relativo. O que é felicidade para um, não é, necessariamente, para o outro. Cada um tem a sua própria definição de realização, de sucesso, de amor, de relacionamento.

Você é único. E aquilo que te faz uma pessoa diferente de tantas outras são as crenças que tem de si mesmo, dos outros e do mundo em geral.

Por isso, eu insisto:

Quem é você? Do que você gosta? O que você quer?

Pense nisso!

Leia também:
[5 formas pouco convencionais para encontrar o seu propósito de vida]

VERDADE #2
Ninguém te segura. É você que se segura nos outros.

Por favor, não coloque a culpa nos seus pais religiosos. Nem na igreja evangélica, nem nos vizinhos homofóbicos. Pare de responsabilizar esse povo todo pelo seu insucesso!

Bem mais fácil achar culpados e desistir de encarar os problemas de frente. Bem mais cômodo ficar na zona de conforto e não precisar entrar em contato com situações dolorosas, não é mesmo?

Não, não são as pessoas ou as coisas que você usa em suas desculpas que te seguraram, foi você que se agarrou nelas.

Porque quando você quer alguma coisa de verdade e assume as consequências disso, nada te segura. Não importa a família, não importa o que os outros vão dizer, não importa se vai dar certo ou errado. Você vai lá e faz. Sem desculpas. Sem deixar para depois.

O que te segurou até hoje não foram os outros. Foram os seus medos.

O medo de se entregar e ter o coração partido. O medo de se decepcionar. O medo de fracassar e não ser bom o suficiente. O medo de ser traído. O medo de ser ridicularizado. O medo de sofrer. E, acima de tudo, o medo de ser feliz.

Como assim?

Paradoxal ou não, o fato é que muitas pessoas – inconscientemente – evitam serem felizes por não se acharem merecedoras de tanta alegria. Resultado: com medo de encarar a felicidade de frente, elas acabam puxando o próprio tapete.

Isso acontece comigo, acontece com os meus amigos gays, acontece com os caras com quem você se relaciona e, muito provavelmente, também acontece com você.

O medo da felicidade não é consequência da incompetência, mas da má avaliação da própria competência. É como se, apesar de desejarmos nossos objetivos, nós tivéssemos uma sensação íntima de incapacidade.

Seja como for, é hora de crescer e saber que, sim, seus sonhos vão exigir muito de você. Mas, se você não tentar, eles serão sempre apenas sonhos.

Se solte, homem!

Se for pra se agarrar em alguma coisa, que seja nas suas próprias ideias. Que seja nos seus objetivos de vida. Eles sim podem te levar mais longe.

VERDADE #3
Você tem o que você crê, não o que você quer

Você quer arranjar um namorado? Que bom! Quer ser reconhecido no trabalho? Ótimo! Quer dar a volta ao mundo em um ano? Maravilha! Quer uma Ferrari conversível? Opa, manda mais uma aí que eu também quero!

Querer todo mundo quer. Eu, particularmente, quero um montão de coisas. Das mais simples às mais complicadas. Das mais baratas às mais caras.

Mas a questão é: você acredita que pode ter tudo isso?

Se você não se ver como uma pessoa amada, bem sucedida e rica (de dinheiro e de princípios), então ninguém vai lhe ver assim.

Sabe por quê?

Por que isso nunca vai acontecer.

A grande maioria das pessoas pensa que, simplesmente, atraímos aquilo que queremos. Basta pensar positivo.

Mas isso não é verdade…

O fundamental mesmo para que a Lei da Atração funcione não é o que você deseja, é o que você crê.

Se uma criança homossexual cresce onde existe a crença de que ser gay é errado, por exemplo, ela custará a acreditar que é certo. Pior: se sentirá, por muito tempo, uma má pessoa.

Não sei se é o seu caso, mas muitos homens gays, inconscientemente, não se sentem merecedores de amar e serem amados.

Não conseguem acreditar que podem, sim, ter um relacionamento feliz. Resultado? Eles não têm um relacionamento feliz.

Da mesma forma, tem pessoas que podem até querer ganhar muito dinheiro. Mas, lá no seu íntimo mais profundo, não conseguem se imaginar chegando em um nível econômico tão alto. A crença de que ser rico é quase missão impossível é tão forte que, sem perceber, elas se auto boicotam.

Resultado? Eles não ganham muito dinheiro.

Isso explica situações que vemos por aí como a daquele cara super trabalhador, inteligente e competente que não consegue transformar essas potencialidades em números de prosperidade. Enquanto outros nem tão aplicados assim chegam no topo da carreira.

Quando não há crença, os pensamentos conflitantes dentro de você te fazem correr exaustivamente em cima de uma esteira, na qual, é claro, você nunca sai do mesmo lugar.

Querer nem sempre é poder. Mas acreditar sim.

VERDADE #4
Só vive de realidade quem vive de imaginação

A imaginação é tudo. “É a prévia das próximas atrações da vida”, já diria Albert Einstein.

Quer que algo se torne realidade? Então, visualize isso lá na frente.

Pode parecer loucura, mas a nossa mente, automaticamente, trabalha de acordo com os nossos pensamentos.

Se ninguém tivesse imaginado, talvez hoje em dia nem sequer teríamos aviões para nos transportar de um continente ao outro em poucas horas. Já pensou nisso?

Por isso, anote em um pedaço de papel os seus objetivos de vida. Escreva os seus maiores desejos e como gostaria de estar daqui 5, 10 anos. Se puder, faça esse exercício diariamente.

Além do mais, sonhar com o futuro nos lembra o que é ser apaixonado por alguma coisa. Afinal, às vezes na correria da rotina, é fácil esquecer porque estamos fazendo isso ou aquilo.

A imaginação traz paixão e propósito para as nossas responsabilidades.

Coloque os seus pés firmes no chão e sua cabeça livre nas nuvens. Por que não?

VERDADE #5
Pensa nos outros quem pensa antes em si mesmo

Você já pensou duas vezes antes de fazer algo bom para si porque achou que isso poderia ser uma atitude egoísta?

Já colocou as vontades de outra pessoa acima das suas próprias vontades e, quando se deu conta, havia se abandonado completamente?

Pois é! Preciso dizer que você não fez uma escolha muito inteligente…

Não, não é egoísmo cuidar de si. Não é errado se colocar em primeiro lugar. Não há nada de mau em esquecer o mundo de vez em quando para se dedicar a algo que só interessa a você.

Pelo contrário: é até um sinal de compaixão e generosidade.

Sabe por quê?

Porque cuidar de você é, simplesmente, a melhor coisa que você pode fazer pelos outros e pelo mundo.

Sim, é bom para os outros – inclusive para todos aqueles que não te aceitam – que você faça o que você ama, seja lá o que for.

É bom para todos que você se sinta bem, feliz, entusiasmado, inspirado. Gente feliz constrói, compartilha, distribui boas energias, melhora ambientes e puxa outras pessoas para a sua boa vibração.

É bom para todos que você esteja em paz. O mundo precisa de paz e essa paz que vem de dentro é uma força muito poderosa.

É bom para todos que você aprenda, cresça, evolua, experimente, mostre, se expresse. As pessoas ganham oportunidades preciosas de aprender com o seu exemplo.

Resumindo, é bom para todos que você se ame e saiba viver bem com você mesmo, pois só assim se aprende a viver bem com quem está à sua volta.

Não viva a vida de ninguém. Viva a sua que todos sairão ganhando.

VERDADE #6
Para melhorar a qualidade de vida é preciso melhorar a qualidade dos pensamentos

Você já reparou como é a qualidade de vida das pessoas que vivem reclamando? Elas nunca agradecem, nunca estão contentes, nada lhes agrada e tudo que sai de suas bocas são palavras negativas.

Aqui um alerta: é muito importante tomar cuidado com o que falamos. Palavras geram pensamentos, que geram sentimentos. E esses, por sua vez, geram ações, que geram consequências.

Sim, a mente subconsciente é como um “gênio burro” que interpreta suas palavras como ordens e realiza essas ordens em sentido literal, mesmo que você tenha dito em tom de deboche.

Apavorante, não? Lembre-se disso na próxima vez que disser “eu quero morrer!”.

A boa notícia é que o cérebro humano funciona como um computador. Assim como usamos linguagem de códigos para programar uma máquina com inteligência artificial, podemos usar a programação neurolinguística para programar a mente.

Imagine aprender uma linguagem para falar diretamente com o subconsciente e “setar” os seus pensamentos para tornar você uma pessoa de sucesso? Não seria fantástico?

Saiba que isso é totalmente possível!

Vamos tentar?

VERDADE #7
Você é aquilo que faz, não o que diz que fará

As boas intenções são fundamentais, já que sem elas as concretizações dificilmente também existiriam. Claro que é bom ter o propósito de se superar constantemente, mas de nada adianta dizer e não fazer.

De boas intenções o mundo tá cheio.

Pense: quantas das suas resoluções de ano novo você já alcançou nesses últimos meses?

Provavelmente muitas ficaram apenas na vontade. Acertei?

Pois é! Ter propósitos positivos nos dá vitalidade e adrenalina, mas é preciso acompanhá-los com ação e movimento.

Palavras sem atitudes são só palavras.

Mude!

Somos feitos pra mudar, e são as mudanças que nos fazem evoluir. Se não fossem as mudanças, seríamos ainda macacos e não humanos. Mudança é renovação, é recomeço, é aprendizado, é evolução.

Então, que tal mudar um pouquinho todos os dias? Começando pelas coisas simples, pelo respirar tranquilo no caminho até o trabalho, pelo bom dia com sorriso no rosto…

Pequenas e frequentes mudanças nos enchem de coragem para experimentar outras maiores.

Você não está fazendo o que gosta? Mude de atividade!
Você não é feliz no trabalho? Mude trabalho!
A sua autoestima te impede de seguir em frente? Mude de atitude!

Mude de casa. Mude de parceiro. Mude de cidade. Mude de país. Mude até de sexo se for preciso. Mas mude. Se é o que te faz feliz, então tenha certeza de que mudará para melhor.

Desacorrente-se do medo, jogue fora os preconceitos e as velhas opiniões.

Mude! A vida muda, quando você muda.

A propósito, você está solteiro?

Então, que tal agora saber mais sobre como arrumar um namorado no menor tempo possível e evitar mais frustrações amorosas? 

Chegou a hora de conhecer a sua outra metade da laranja! Você pode se tornar irresistivelmente atraente para as os boys, desenvolvendo suas características e tomando as atitudes certas.

Quer  aprender como?

Te apresento o Namorado Gay em 30 Dias, primeiro programa do mercado brasileiro que ajuda você, homem gay, a conquistar e manter um companheiro de verdade em apenas um mês.

Clique aqui e conheça o Namorado Gay em 30 Dias.

Estão bombando também...