Sexo Gay

Precisamos falar sobre ejaculação precoce

Precisamos falar sobre ejaculação precoce

Daí você está lá no bem bom com o boy, louco para tirar o atraso e “liberar as tensões” da semana, eis que o que era para ser uma foda incrível vira uma rapidinha de 2 minutos… É tanta emoção que o seu amigão não resiste, né não? Tá certo! Justifique como quiser. Pode chamar de emoção, euforia, afobação, tesão… Mas o nome disso é ejaculação precoce e o seu sobrenome, na maioria dos casos é um só: ansiedade. Você, provavelmente, já escutou várias vezes Continue lendo

Meu pênis é muito pequeno. E agora?

Meu pênis é muito pequeno. E agora?

Pequeno, grande, grosso, fino, curvo, circuncidado ou não… são muitos os questionamentos que surgem quando o assunto é pênis. Não sei exatamente de onde surgiu essa fixação com piroca, mas o fato é que ela existe. Nas antigas estátuas egípcias, com pênis imensos, já fica clara a importância que davam desde cedo para o órgão do babado. Há quem diga que uns centímetros a mais dentro da cueca podem fazer milagres. Já outros defendem que não importa o tamanho da varinha, mas sim a mágica Continue lendo

Uma noite de sexo fácil não é a solução para os seus problemas

Uma noite de sexo fácil não é a solução para os seus problemas

Ontem me encontrei com um cara que saio de vez em quando. Ele me chamou no WhatsApp e perguntou se eu tava de bobeira em casa. Disse que sim, daí ele me convidou para ir no seu apartamento. Transamos, como sempre. Foi uma delícia, mas depois me bateu um vazio no peito, uma angústia e uma sensação de que não deveria estar ali… O relato acima é de um cliente, mas vamos falar sério: poderia muito bem ser seu, meu ou do seu melhor amigo. Continue lendo

Conheça o gouinage, a nova modalidade queridinha do sexo gay

Conheça o gouinage, a nova modalidade queridinha do sexo gay

Quando você pensa em sexo, qual é o primeiro verbo que te vem à cabeça? Comer, meter, enfiar e outras tantas outras expressões pouco delicadas que remetem à penetração, acertei? Daí eu te pergunto: e se não existissem mais ativos no mundo? Nem passivos? Nem versáteis? Já imaginou um sexo gay sem aquela figura estereotipada do que “come” e do que “dá”? Seria isso possível? [ ~ pausa enfática para reflexão ~ ] Totalmente, querido leitor! Para você que achou que as classificações passivo, ativo e versátil já Continue lendo

7 razões por que o sexo oral pode ser melhor que o anal

7 razões por que o sexo oral pode ser melhor que o anal

Tá bom, gosto é que nem bunda: cada um tem o seu. Tem quem não dispense umas longas preliminares, já outros preferem não perder tempo e partir logo para a penetração. E tudo bem, tudo normal. Mas, independentemente da idade, gosto ou preferência entre quatro paredes, há algo que é quase unânime: todo homem a-do-ra receber um bom sexo oral. Já parou para pensar que o boquete é sempre um presente? Sim, porque ninguém consegue fazer um boquete em si mesmo. Daí é que entra Continue lendo

Por que caras que buscam só sexo são os mais inseguros

Por que caras que buscam só sexo são os mais inseguros

Fernando (nome fantasia para preservar a identidade do amigo) é um baita garanhão. Dona Maria, a sua vizinha de porta, que o diga! Pelo menos uns 3 caras diferentes por semana cruzam com ela pela manhã no elevador e dão aquele “bom dia” constrangedor. Corpo sarado, abdômen definido, dentes branquíssimos e pouco tempo a perder. Assim é o Fê! Se você esbarrar alguma vez com ele no Grindr, verá que é bem direto ao ponto: ativo ou passivo, aqui ou aí? E, se a sua Continue lendo

10 dicas para uma rapidinha de tirar o fôlego

10 dicas para uma rapidinha de tirar o fôlego

Sexo não é só prazer, é necessidade fisiológica. E como qualquer necessidade fisiológica humana, muitas vezes a gente não escolhe nem hora nem lugar para sentir aquele tesão incontrolável. Quem disse que precisa durar muito para ser incrível? Aqueles que acham que 5 minutos é pouco tempo para se ter prazer, nunca experimentaram uma boa rapidinha. Mesmo que o sexo relâmpago não tenha o mesmo glamour daquele em que as preliminares duram uma eternidade e diversas posições são testadas, ele ainda tem lá as suas vantagens. Alcançar Continue lendo

Por que ser ativo ou passivo não importa na hora de buscar um namorado

Por que ser ativo ou passivo não importa na hora de buscar um namorado

Um dos pré-requisitos que mais norteiam as escolhas afetivas de homens gays é o da preferência entre quatro paredes. O “currículo” do boy pode até ser ótimo, pode ter todas as qualidades que você sempre sonhou, mas, se falta essa “habilidade fundamental”, nem chega na etapa de entrevista. Não por acaso, “o que você curte” é, geralmente, a primeira pergunta nos aplicativos de encontro. Qual é o seu nome, seus interesses e objetivos de vida são questões secundárias. Primordial mesmo é saber se você é Continue lendo