Vida Gay

O triste talvez da paquera gay que fica só no olhar

O triste talvez da paquera gay que fica só no olhar

Paquerar, flertar, azarar, ou seja lá que nome você dê para isso, é bom e todo mundo gosta. Ao trocar olhares com alguém, você experimenta a deliciosa sensação de desejar e ser desejado. E não há nada melhor do que olhares cruzados confirmando o interesse correspondido, não é verdade? A parte ruim é que às vezes – ou melhor, na maioria das vezes –  esses instintos ficam só na vontade.  O boy passa por você na rua, vocês se olham, surge o interesse recíproco, mas Continue lendo