Como descobrir se o boy é ativo ou passivo na balada

Gay Ativo e Passivo

Você está na buatchy e conheceu AQUELE boy magia, dos sonhos mesmo: lindo, educado, bem sucedido e com um pacote enorme. E ele está dando mole para você. Tudo parece perfeito, um conto de fadas!

Quer dizer, pera aí, quase tudo… Afinal, você ainda não sabe o que ele curte na hora do sexo. E agora, o que fazer? Como evitar o risco de bater bunda ou brigar de espada?

Tá aí uma dúvida difícil de ser respondida – ao menos que você pergunte, claro. Isso porque não existe uma maneira certeira de adivinhar a preferência de um gay entre quatro paredes.

Alguns são só passivos, outros só ativos e ainda tem aqueles que alternam entre as duas posições, os abençoados versáteis.

É bem verdade que a grande maioria pertence a esse último grupo, o que facilita muito as coisas. Porém, vários boys são exclusivamente passivos ou ativos e, acredite, eles simplesmente não se imaginam fazendo o oposto.

E não se engane pela aparência! Conheço vários caras super másculos, do tipo bombado mesmo, que não gostam nem que toquem no seu pau, preferem realmente ser passivos. Da mesma forma, tenho amigos gays afeminados que só curtem ser ativo nas relações sexuais.

Complicado, não?

NOTA IMPORTANTE: mais do que em categorias, nós acreditamos em liberdade de expressão na cama.

Mas, para tentar te ajudar nesse desafio, aí vão algumas dicas quentes que você pode começar a usar já na próxima balada:

Pergunte aos conhecidos

Gay Ativo ou Passivo

A dica mais óbvia e também a mais eficaz. Sabemos que a comunidade gay é um ovo! Por isso, procure se informar com a sua rede de relacionamentos. Pergunte a eles se o boy é passivo ou ativo.

Talvez alguém conheça alguém que já transou com ele, daí fica fácil desvendar o mistério.

Entenda a linguagem da mão boba

Gay Ativo ou Passivo

Se no momento da pegação ele coloca a mão na sua bunda, deve ser ativo. Em contrapartida, se o boy demonstra empolgação quando estimulado na bunda, pode apostar que é passivo.

A mesma lógica se aplica à mão no pênis. Ele pegou na sua neca? Então grandes chances que seja passivo.

Atente para a opção gastronômica da noite

Gay Ativo ou Passivo

Fim de festa e o boy decide parar na carrocinha de hot dog para pedir um cachorro completo, daqueles cheios de milho? Atenção, ele deve ser ativo!

Todo passivo que se preze costuma optar por uma refeição mais light antes e depois da balada. Ninguém quer virar uma bomba relógio na hora do sexo, afinal.

** Atenção: nada disso vale como regra! **

Como disse, PROVAVELMENTE, PODEM, MAIS CHANCE, já que não há uma fórmula mágica para distinguir um gay passivo de um ativo. O que existem são características comuns a uma maioria, mas que não são regras.

A melhor maneira ainda é deixar o tempo responder. Enquanto isso, relaxe e vá à luta!

Se importe menos com as rotulações e mais com o seu prazer! 

Lembre-se: um bom sexo só acontece quando as pessoas vivem sua sexualidade livres de preconceitos e de papéis definidos.

Leia também:
[Ativo, passivo ou versátil: O que você curte?]

A propósito, você está solteiro?

Então, que tal agora saber mais sobre como arrumar um namorado no menor tempo possível e evitar mais frustrações amorosas? 

Você pode se tornar irresistivelmente atraente para os boys, apenas desenvolvendo algumas características e tomando as atitudes certas.

Quer  aprender como?

Te apresento o Namorando em 30 Dias, primeiro programa do mercado brasileiro que ajuda você, homem gay, a conquistar e manter um companheiro de verdade.

Clique aqui e conheça o Namorando em 30 Dias.

Estão bombando também...

  • Oiie so os ativos meu zap 32 88685004

  • Anderson

    hahahaa. Adoreiiiiii, Vê!!!!
    Você arrasaaaa gata!!!

    • Verônica Vergara

      Brigadaa, Anderson 🙂

  • Mad Monster

    Dicas boas mesmo

  • Will

    Fico feliz que no final vc lembrou que não são regras, pois eu por exemplo sou 100% passivo e não me encaixo em quase nenhuma das características que você citou, apesar de concordar com elas.

    – Na mão boba eu apalpo TUDO.

    – Sempre fico pelas laterais em baladas.

    – Só tomo cerveja.

    – Todos meus amigos gays são ativos.

    – Saio faminto da balada louco por um hot dog. E nunca virei bomba relógio haha

    Enfim, ótimo texto!

  • Luiz Belchior

    Esteriotipagem e heteronormatividade são e sempre serão um desserviço à comunidade LGBT. Melhorem!

  • Mateus Nael

    Gostei do texto, bem divertido de ler. Eu pessoalmente ando em baladas sozinho, bebo cerveja, não sei dançar, todo mundo jura de pés juntos que sou ativo, mas prefiro o outro lado da moeda. Mas como ele escreveu, não é regra. Então não vamos criticar, o fato é que tem muitos gays passivos que tomam drinks coloridos, andam em bando e tem muitos ativos que preferem andar sozinhos e isso é a mais pura verdade, mas não é regra.

  • Esse texto só pode ser piada.

  • William

    Não sei se essa história de mão na bunda (#2) é confiável. Eu sou, digamos, 99% passivo. Esse 1% ativo eu uso lá de vez em quando, mas não costuma fazer falta. Mesmo assim, eu adoro uma bunda. Tenho 28 anos e até hoje não consegui entender como eu posso gostar tanto de bunda mesmo sendo passivo… hahaha.

    Se eu estiver no rala e rola eu vou encher minha mão na bunda do cara, não tenha dúvida, até porque o pau, se ficar duro, eu já vou sentir encostando mesmo.

    Já essa história de “passivas andando em bando” (#5) eu não achei confiável. Já andei em “bandos” de 5 amigos em que dois dos presentes eram namorados, por exemplo. Eu tenho amigos gays os quais não tenho o menor interesse em saber se são ativos, passivos e versáteis.