10 dicas para uma rapidinha de tirar o fôlego

rapidinhaSexo não é só prazer, é necessidade fisiológica. E como qualquer necessidade fisiológica humana, muitas vezes a gente não escolhe nem hora nem lugar para sentir aquele tesão incontrolável.

Quem disse que precisa durar muito para ser incrível?

Aqueles que acham que 5 minutos é pouco tempo para se ter prazer, nunca experimentaram uma boa rapidinha.

Mesmo que o sexo relâmpago não tenha o mesmo glamour daquele em que as preliminares duram uma eternidade e diversas posições são testadas, ele ainda tem lá as suas vantagens. Alcançar o gozo em poucos instantes é uma delas.

Deu vontade no lugar mais bizarro e na hora mais improvável?
Go for it!

Não é só no cinema e na TV que o sexo arrebatador e apressado rende momentos memoráveis. Na vida real, a rapidinha também pode servir como uma modalidade para dar um upgrade no ânimo e na autoestima do casal.

Recheada de emoção, adrenalina, e justamente por ser inesperada, ela tem todos os ingredientes para render muita satisfação.

Embora as rapidinhas estejam comumente associadas à fase inicial de um relacionamento e/ou às paixões proibidas, vale a pena lançar mão desse recurso excitante para tirar qualquer relação da rotina. Um casal há muito tempo junto pode viver uma situação com sabor de aventura transando em um lugar e momento inusitados.

Rapidinhas podem ser o remédio ideal para aquela segunda-feira chata e sem grandes expectativas, já pensou nisso?

Se o seu problema é falta de tempo, saiba que já não há mais desculpas!

Ao colocar essas dicas em prática, você terá condições de garantir que seus estímulos sexuais gerem experiências ainda mais prazerosas, sem precisar de muitos minutos.

Por que deixar para o domingão o que você pode fazer hoje, não é mesmo?

#1. Surpreenda o seu boy

Os homens, sejam eles gays ou não, adoram surpresas.

Nada melhor do que acordar o seu gato inesperadamente com um delicioso sexo oral. Ou abordá-lo por trás na cozinha enquanto ele prepara o jantar.

Surpresas são sempre bem-vindas e o approach inusitado é pau duro na certa.

#2. Escolha a posição ideal

Já que o sexo não vai durar muito, a melhor coisa é investir em posições que estimulam bastante o prazer e não são tão difíceis de fazer.

A famosa “de pé por trás” é uma das mais praticadas pela galera e é uma boa pedida. Outra opção é um apoiado na parede e o outro sentado de costas. Desse modo, é possível ter maior controle sobre os seus movimentos, garantindo um grande domínio dos estímulos sexuais.

Independente da sua escolha, o importante é aproveitar!

#3. Aproveite a própria casa

Esqueça do quarto e aproveite os demais cômodos da casa para transar. Chão da sala, pia da cozinha, garagem… Quanto menos usual, melhor.

O banheiro também é um excelente lugar para a rapidinha. Surpreenda seu parceiro quando ele estiver tomando banho, no chuveiro ou na banheira. Ele vai adorar sua atitude e os dois ainda terminam esse babado limpinhos.

#4. E fora de casa também

O aspecto mais legal da rapidinha é que ela não precisa de uma cama para rolar. Já que a ordem é satisfação rápida, bom mesmo é que seja inesperado.

Inove nos locais também fora de casa. Quanto maior a adrenalina, mais excitação. O risco de serem flagrados no ato imprime ao sexo um gostinho de aventura.

Mas tenha cuidado ao fazer sexo em lugares públicos, se vocês forem pegos podem até serem presos por atentado ao pudor.

Esteja muito atento para que vocês não sejam surpreendidos. Também é de sua responsabilidade manter o mínimo de bom senso. A ideia é ser emocionante, mas jamais desrespeitoso para alguém.

#5. Narre a ação

Manter a comunicação verbal com o parceiro durante o sexo permite que você fique focado na transa e pode até ajudar na excitação.

Além do mais, isso estimula o cérebro a dar uma resposta fisiológica sexual, porque o seu corpo replica o que está sendo falado.

Então, compartilhe suas sensações e desejos com o seu parceiro durante o sexo. Essa é uma maneira supersimples de acelerar o prazer de vocês.

#6. Não tire toda a roupa

Por que desperdiçar minutos preciosos para se despir?

Claro que olhar o boy como veio ao mundo é super estimulante, mas a graça da rapidinha é justamente a pressa, o toque animalesco. Então, nada de se preocupar em tirar sapatos e meias ou desabotoar camisas e casacos.

Não tirar a roupa do parceiro dá a sensação de que você está desesperado para tê-lo o mais rápido possível. E isso não é excitante, é muito excitante. 

Então, já sabe: contentar-se em abrir o zíper da calça já é nudismo suficiente.

#7. Dispense o conforto

Se você não costuma apreciar as rapidinhas por causa de possíveis desconfortos, está na hora de rever os seus conceitos.

Esqueça tudo o que ouviu falar sobre conforto, a rapidinha não precisa dele. Pode ser na poltrona do sofá, dentro do carro ou de pé e encostada no fogão. O legal é justamente isso.

A elevação do nível de serotonina e endorfina – hormônios que promovem a sensação de bem-estar e deixam o corpo inteiro em estado de alerta – no organismo ajuda a não sentir dor, caso algum objeto na pia ou na mesa incomode.

Em vez de se estressar, divirta-se.

#8. Beije muito 

Como o próprio nome diz, a rapidinha não vai durar muito. Não há muito tempo para preliminares, contudo a língua continua órgão indispensável.

Beijos longos e selvagens são uma ótima pedida para esquentar o clima. Beijar acelera o processo de excitação, pois acorda o sistema nervoso e endocrinológico, que produz os hormônios do tesão.

Por isso, aproveite para beijar o seu boy de um jeito pouco usual: mais ardente e investindo em movimentos diferentes com a língua.

Beije, morda, lamba. A boca está ali livre para ser usada mesmo. Tudo isso ajuda para aumentar a excitação.

#9. Diga umas putarias

O tempo é curto, mas é suficiente para “falar pouco e bonito”.

Frases sacanas e cheias de segundas intenções deixam qualquer um morrendo de tesão.

Se jogue no palavreado! Não se prenda na timidez, uma rapidinha é a hora perfeita para colocar em prática as frases que os boys amam ouvir durante o sexo.

Nesse tipo de sexo não há espaço ou tempo para preocupações, frescuras e pudores, já que o objetivo é a pegação, o calor e a rapidez. Ative seu modo selvagem e deixe rolar.

#10. Enquanto estiver fazendo sexo, pense em sexo

Qual é o sentido de estar se enrabando com alguém enquanto o seu pensamento está nas contas que você tem que pagar no começo da semana?

Lembre-se de que todo mundo, primeiramente, goza pela mente. Por isso, abasteça a sua de sacanagens.

Observe o parceiro, preste atenção em como ele é excitante, em como ele está excitado.

Transe de corpo, cabeça e alma. O problema das contas a pagar você deixa para resolver no banco.

A propósito, você está solteiro?

Então, que tal saber mais sobre como arrumar um namorado no menor tempo possível e evitar mais frustrações amorosas? 

Chegou a hora de conhecer a sua outra metade da laranja! Você pode se tornar irresistivelmente atraente para os homens, desenvolvendo suas características e tomando as atitudes certas.

Quer  aprender como?

Te apresento o Namorando em 30 Dias, primeiro programa do mercado brasileiro que ajuda você, homem gay, a conquistar e manter um companheiro de verdade em apenas um mês.

Clique aqui e conheça o Namorando em 30 Dias.